‘Mas Jesus retirava-se para lugares solitários, e orava’ Lucas 5:16

Cristo antes de vir à Terra vivia em plena comunhão com o Pai. Quando chegou aqui, manteve essa mesma comunhão através da oração. Ele orava com frequência e Bíblia registra esses momentos que ilustram que essa comunhão fazia parte de um estilo de vida de oração. Nosso versículo-tema nos mostra que Ele fazia isso com frequência.

Jesus era 100% homem e, como tal, foi submetido às mesmas frustrações, tentações, alegrias e tristezas que afetam a cada um de nós. Ele orava para que Deus lhe desse a ajuda e a força necessárias para realizar a tarefa que lhe fora dada. Jesus entendeu o valor e o poder da privacidade com Deus. Em Mateus 14:23, a Bíblia diz: ‘Tendo despedido a multidão, subiu sozinho a um monte para orar.’ No momento em que todos clamavam por Sua atenção, Ele se retirou para o deserto para orar. Esse era o seu maior segredo para uma vida de resultados!

Ele orou com e pelos outros, mas principalmente em particular. O Evangelho de Lucas enfatiza alguns eventos importantes da vida de Jesus que foram precedidos por períodos de oração. Por exemplo, antes do batismo ‘E, enquanto ele estava orando, o céu se abriu e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea, como pomba. Então veio do céu uma voz: "Tu és o meu Filho amado; em ti me agrado" - Lucas 3:21,22

Ele passava longos períodos de oração, como antes da eleição dos Doze: ‘Num daqueles dias, Jesus saiu para o monte a fim de orar, e passou a noite orando a Deus. Ao amanhecer, chamou seus discípulos e escolheu doze deles, a quem também designou como apóstolos’ Lucas 6:12,13.

Antes de revelar aos seus discípulos que era o filho de Deus e que seria morto e ressuscitaria ao terceiro dia: ‘Certa vez Jesus estava orando em particular, e com ele estavam os seus discípulos; então lhes perguntou: "Quem as multidões dizem que eu sou? " Eles responderam: "Alguns dizem que és João Batista; outros, Elias; e, ainda outros, que és um dos profetas do passado que ressuscitou". "E vocês, o que dizem? ", perguntou. "Quem vocês dizem que eu sou? " Pedro respondeu: "O Cristo de Deus". Jesus os advertiu severamente que não contassem isso a ninguém. E disse: "É necessário que o Filho do homem sofra muitas coisas e seja rejeitado pelos líderes religiosos, pelos chefes dos sacerdotes e pelos mestres da lei, seja morto e ressuscite no terceiro dia"- Lucas 9:18-22

Antes da Sua transfiguração, levou seus discípulos mais próximos para orar: ‘Aproximadamente oito dias depois de dizer essas coisas, Jesus tomou consigo a Pedro, João e Tiago e subiu a um monte para orar’- Lucas 9:28

Quando se aproximou da cruz, no Getsêmani, Ele orou: ‘Estando angustiado, ele orou ainda mais intensamente; e o seu suor era como gotas de sangue que caíam no chão’ - Lucas 22:44 

A comunhão e intimidade que Jesus mantinha com Seu Pai era manifesta através da oração: ‘Depois de dizer isso, Jesus olhou para o céu e orou: ‘Pai, chegou a hora. Glorifica o teu Filho, para que o teu Filho te glorifique. Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer. E agora, Pai, glorifica-me junto a ti, com a glória que eu tinha contigo antes que o mundo existisse’ - João 17:1,4-5

Jesus reconhecia a importância de passar um tempo de qualidade com Seu Pai através da oração. E a primeira razão para isso era conquistar e manter um relacionamento único e precioso com Ele: ‘Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar’ - Mt 11:27.

A segunda razão era para determinar a vontade de Deus para que Ele pudesse cumprir o propósito de Deus de todas as maneiras e, portanto, permanecer obediente. Assim, Jesus buscou a vontade de seu Pai, aquilo que era agradável a Deus, para que pudesse cumpri-la: ‘Pois desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas para fazer a vontade daquele que me enviou’ João 6:38

A terceira razão era que essa comunhão com Deus lhe proporcionava resultados práticos e rápidos no seu dia a dia: Ele orava e as coisas aconteciam rapidamente. ‘E, descendo ele do monte, seguiu-o uma grande multidão. E, eis que veio um leproso, e o adorou, dizendo: Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo. E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra’ - Mateus 8:1-3. 

Quando você entender esse segredo e aprender o valor de ter momentos privados de comunhão com o Senhor, ficará surpreso com a transformação que ocorrerá em sua vida e com o quão eficaz você será nas coisas de Deus. Pratique isso. Invista tempo na sua comunhão com o Senhor todos os dias e viva, assim como Jesus, uma vida de resultados! 

 

ORAÇÃO

Querido Pai, eu decido me encher da Tua presença e manter comunhão diária com o Teu Espírito através da oração. Eu quero ser transformado de glória em glória e experimentar vitória, saúde divina e bênçãos! Minha vida é uma expressão da Sua Graça sobrenatural, Glória, Perfeição e Justiça, em Nome de Jesus

Deseja Fazer parte?

Entre em contato conosco.