‘Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá’. Gálatas 6:7

A vida é cheia de escolhas, escolhas que nos afetam diariamente em tudo o que fazemos, o que significa que nossas escolhas cotidianas não são sem significado. Nossas escolhas afetam a nós e aos outros de maneira dramática, quer as vejamos imediatamente ou não. A Lei da Semeadura é uma lei estabelecida por Deus, uma lei inexorável, e diz que o que você plantar, mais cedo ou mais tarde você colherá. Sejam palavras, comportamentos, pensamentos, atitudes, orações, declarações. Tudo tem um impacto no mundo espiritual, tudo gera uma consequência. Não há exceções. Esta é uma lei da vida que afeta a todos, sejam crentes ou não crentes. Você colherá o que semeia. Enquanto a terra permanecer, nenhum homem zombará de Deus, e nenhuma lei de Deus será alterada. Jesus nos disse isso em Mateus 24:35 ‘O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras jamais passarão’.

A Palavra de Deus é semente. Se você quiser ter uma boa colheita você vai precisar de duas coisas: uma boa semente e um terreno fértil. Através da meditação, você semeia a Palavra de Deus em seu coração, e não permite que as ervas daninhas cresçam à sua volta. Seu coração é o terreno fértil, o jardim de Deus e, perceba, é você quem define a colheita que quer obter.

As ervas daninhas são pensamentos errados que são recebidos no coração. Se você permitir que eles cresçam, certamente destruirão a colheita da Palavra de Deus em sua vida. Vemos como isso acontece na parábola que Jesus contou sobre o semeador que saiu para semear (Leia Mateus 13:7, 22). Por isso, tome uma decisão hoje e decida plantar apenas as sementes certas em seu coração, sementes que edificam, porque, como lido em nosso versículo-tema, o que você planta é o que você colhe. Portanto, semeie conscientemente a Palavra em seu coração, isto produzirá uma colheita de grandes bênçãos em sua vida. Ajuste e determine o seu coração para isso.

Deus sempre nos garante o direito de escolha. Ele nos deu o poder escolher os pensamentos, as palavras que saem da nossa boca e as nossas atitudes. Aprendi que há sempre um hiato de tempo que permite a você decidir se vai ceder ou não à tentação e, dessa forma, se vai ou não pecar. Você se lembra da Davi quando foi tentado com Betseba? Ou de José, quando foi tentado pela mulher de Potifar? Ambos tiveram o mesmo poder de escolha, mas escolheram de formas diferentes e, como consequência, tiveram colheitas diferentes. Davi cedeu e sofreu as consequências do seu pecado; José a recompensa da sua fidelidade. 

 

Todo pecado começa no pensamento. Quando uma tentação surge no pensamento, temos duas opções: ceder a ele, ou rejeitá-lo. Se você cede, ele dá origem ao pecado; se resiste, ele foge de você. O diabo não é onisciente, tampouco onipresente ou onipotente, mas ele é velho, e ele já testou você desde a infância, de múltiplas formas, através de setas em seus pensamentos. Ele te conhece e sabe onde dói, onde está a sua fragilidade. Tiago 1:14-15 diz ‘Cada um, porém, é tentado pelo próprio mau desejo, sendo por este arrastado e seduzido’

 

O segredo está em você resistir! Se você resiste, é fortalecido. ‘Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês’ Tiago 4:7. A tentação sempre vem, mas se você não resistir o pecado toma conta de você, porque pecado gera pecado (‘Um abismo chama outro abismo’ Salmo 42:7). Davi, no episódio de Betseba, infringiu cinco dos dez mandamentos, e sofreu consequências terríveis pelo resto da vida, e afetaram toda a sua descendência.

 

A Lei da Semeadura é uma realidade, e traz 4 princípios muito importantes:

  1. Colhemos apenas o que semeamos
  2. Colhemos na mesma espécie do que semeamos
  3. Colhemos na estação determinada por Deus
  4. Colhemos mais do que plantamos

Estes são tempos perigosos; a Bíblia diz: ‘Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis’ (2 Timóteo 3:1). Estamos vivendo esse tempo, e somente aqueles que andam no domínio da Palavra, na consciência de sua vitória e através da Palavra, prevalecerão.

Então, aprenda a Palavra de Deus para você mesmo, para sua vida. Guarde-a em seu coração e deixe-a sair de sua boca, ...Pois a boca fala do que está cheio o coração’ (Mateus 12:34). Profetize! Encha-se da Palavra de Deus! Deus é fiel e honra os que honram a Sua Palavra.

 Guardei tua palavra em meu coração, para não pecar contra ti’ (Salmo 119:11)‘.

 

ORAÇÃO

Meu coração é o jardim de Deus, e Sua Palavra cresce em mim continuamente, produzindo colheitas de bênçãos. Senhor, me ajude a guardar a Tua Palavra no meu coração, permitindo que somente Ela cresça, prevaleça e dê frutos. E pela Palavra, eu ando em vitória, sucesso e avanço, todos os dias, em Nome de Jesus!

Deseja Fazer parte?

Entre em contato conosco.