Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha. 1 Coríntios 11:26

A Santa Ceia, também conhecida como Ceia do Senhor, representa a maior expressão do amor de Deus por Seu povo. 

Dois itens são usados ​​na Santa Ceia – o pão que representa o corpo de Jesus que foi flagelado e partido antes e durante a Sua crucificação, e o cálice que representa o Seu sangue derramado.

Quando Jesus andou na terra, Ele era vibrante, e Seu corpo estava cheio de vida e saúde. Ele nunca esteve doente. Mas antes de Jesus ir para a cruz, Ele foi severamente açoitado pelos soldados romanos, e Seu corpo foi dilacerado enquanto estava pendurado na cruz.

Na cruz, Deus também tomou todas as nossas doenças, enfermidades, mazelas e dívidas e as colocou no corpo originalmente perfeito e saudável de Jesus, cravando-as na cruz, para que possamos andar em saúde divina e plenitude. É por isso que a Bíblia diz que pelas Suas pisaduras, fomos curados (Isaías 53:5).

Em Lucas 22:20, Jesus nos diz que o cálice é a “nova aliança no meu sangue”, e o apóstolo Paulo nos diz que o sangue de Jesus traz o perdão dos pecados (Colossenses 1:14, Efésios 1:7).

Por que os crentes participam da Santa Ceia?

Além de nascer de novo em Cristo, um corpo e uma mente saudáveis ​​são as maiores bênçãos que alguém pode ter. E a Santa Ceia é o canal ordenado por Deus de cura e plenitude.

Na noite em que foi traído, Jesus comeu sua última ceia com seus discípulos. E sabendo o que Ele realizaria através de Seu sacrifício, Ele instituiu a Santa Ceia (1 Coríntios 11:24–25).

Sua instrução é que devemos nos lembrar Dele enquanto participamos da Santa Ceia. Jesus queria que tivéssemos consciência de como Seu corpo foi quebrado para nossa integridade, e Seu sangue foi derramado para o perdão de nossos pecados. E sempre que participamos dessa consciência, “anunciamos a morte do Senhor até que ele venha” (1 Coríntios 11:26).

Hoje, quando comemos o pão, estamos declarando e celebrando que a saúde e a vida divina de Jesus fluem em nossos corpos mortais. E quando tomamos o cálice, estamos declarando que fomos perdoados e justificados. O sangue de Jesus nos justifica diante de Deus, e podemos ir com ousadia à presença de Deus (Hebreus 4:16). Quando oramos, podemos ter certeza de que Deus nos ouve!

A Santa Ceia também é o momento para fazermos um balanço da nossa vida, refletirmos e pedirmos perdão pelos nossos pecados, de forma a glorificarmos o Nome do Senhor e não participarmos indignamente desse momento tão preciso. Veja o que Jesus nos instrui em 1 Coríntios 1:28-29:

‘Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor. 

Santa Ceia é o culto mais importante do mês. É onde reafirmamos nosso compromisso com o Senhor e celebramos a Sua vitória na cruz!

 

Oração

Senhor Jesus, obrigado pelo Teu precioso sangue. Sua vida livre de pecado, doença e pobreza está em Seu sangue. E Seu sangue derramado removeu todo pecado da minha vida. Através do Seu sangue eu sou perdoado de todos os meus pecados – passados, presentes e futuros – e feito completamente justo. Eu te peço perdão pelos meus pecados, por tudo o que tem entristecido o Teu coração. Perdoa-me se pequei por atitudes, pensamentos, palavras, declarações, olhares. Renova em mim um espírito reto, um coração puro, verdadeiro, sincero e adorador. Hoje, celebro e partilho da herança dos justos, que é a saúde, a preservação, integridade, a provisão e a restauração. Obrigado Senhor Jesus, por me amar. 

Deseja Fazer parte?

Entre em contato conosco.